Lipocavitação elimina até 80% da gordura localizada

Lipocavitação elimina até 80% da gordura localizada

Você certamente já ouviu falar em lipoaspiração, a cirurgia estética que remove gordura através de uma cânula e um aspirador. Mas provavelmente você deve saber pouca coisa a respeito da lipocavitação. O procedimento acabou ficando conhecido popularmente como a “lipo sem corte”, já que é capaz de remover até 80% da gordura localizada.

A lipocavitação é um procedimento não invasivo, que a cada dia ganha mais espaço nas clínicas estéticas. Apesar disso, pela falta de conhecimentos, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a sua eficácia para acabar com a gordura.

As dúvidas começam pelo número de sessões necessárias para se obter o resultado desejado. E, é claro, as pessoas querem também saber se existe alguma contraindicação.

Na verdade, a lipocavitação é um procedimento estético que tem por objetivo eliminar a gordura localizada na barriga, costas e coxas. Isso é feito através de um equipamento de ultrassom, que ajuda a destruir a gordura que se acumulou nesses locais.

Apesar de em alguns casos ocorrer um certo desconforto no local da aplicação, o procedimento não causa dor. Entre os benefícios do procedimento estão a perda de volume, melhoria da definição corporal, do aspecto da pele e a redução da celulite.

Os resultados aparecem à medida que são realizadas as sessões. No final do processo, a lipocavitação chega a retirar até 80% da gordura localizada.

Lipocavitação na prática

A lipocavitação funciona a partir da aplicação de ondas ultrassônicas nas células de gordura. Desse modo,as membranas celulares são quebradas e os triglicerídios entram na corrente sanguínea. De fato, é exatamente isso que a difere dos outros métodos, considerados invasivos.

Enquanto na lipoaspiração é introduzida no corpo uma solução que faz com que as células se rompam para depois serem retiradas de forma cirúrgica, na lipocavitação não há técnica invasiva. O ultrassom faz com que as células de gordura sejam quebradas, e posteriormente o próprio organismo remove a gordura pela corrente sanguínea.

É importante observar que, depois de cada sessão de lipocavitação, é recomendável que se faça uma sessão de drenagem e exercícios. Assim o organismo é estimulado a eliminar a gordura liberada no procedimento. Esta prática impede problemas futuros, como o aumento do colesterol LDL (colesterol ruim) nos dias seguintes à lipocavitação.

A lipocavitação permite que se escolha as áreas do corpo em que se quer trabalhar, e está é sua principal vantagem. O procedimento faz com que ocorra diminuição real de contornos corporais, mas não retira a mesma quantidade de gordura que a lipoaspiração.

Por outro lado, por não se tratar de uma cirurgia plástica, a lipocavitação não tem pré e pós-operatório. Não causa dor, e não exige período de recuperação. Além destas vantagens, os resultados costumam aparecer entre seis e oito sessões, quando se chega a perder cinco centímetros de circunferência corporal.

Quanto às contraindicações, é desaconselhável que se faça o procedimento durante a gestação ou em tratamento de fertilização. É ainda contraindicado para pessoas que apresentam problemas cardíacos, colesterol elevado ou problemas de pele.

Veja também:

Carboxiterapia tem eficiência comprovada pelos resultados

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Your email address will not be published. Required fields are marked *


{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}